Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \24\UTC 2009

urda

A Editora Hemisfério Sul Ltda., em consonância com a chegada desta primavera, traz a público um livro sintonizado com o este momento de renascimento da vida. Trata-se do lançamento do 20º livro da escritura Urda Alice Klueger, intitulado Trinados para o meu Passarinho, o primeiro de crônicas de amor que a autora publica.

Data: 25 de setembro de 2009, sexta-feira.

Horário: 20 horas.

Local: Bar e Restaurante Farol, na Praça do Estudante, final da rua da FURB, em Blumenau (SC).

Read Full Post »

ruca

cansado das cantoras com as mesmas referências, os mesmos repertórios e as mesmas interpretações? cansado da ditadura da emepebê?

então, não “perda”.

Read Full Post »

"desaparecidos": sim, encontrei o Belchior, mas em 2004.

"desaparecidos": sim, encontrei o Belchior, mas em 2004.

considero bem apropriado este verso da canção “A Palo Seco”, do grande Belchior, como título deste post. assim como o genial artista cearense, também “desapareci” aqui do meu blog. assim como ele, não “desapareci” de fato, apenas estava ocupado fazendo outras coisas. mas, ao contrário de Belchior, suponho que ninguém – ou pouca gente – tenha sentido a minha falta. e não lhes tiro a razão…

mas se você vier me perguntar por onde andei enquanto você sonhava, de olhos abertos lhe direi: eu estava envolvi na mirabolante epopéia da escrita da minha dissertação de Mestrado. sim, foi mesmo uma dureza… algumas semanas a fio virando noites sem dormir. muito nervosismo. preocupação e insegurança. entrega, imersão total…

literalmente “desapareci” ou apareci muito pouco em alguns lugares. e nesse tempo, desde a minha postagem anterior, em 25 de maio, muita coisa aconteceu. Michael Jackson morreu e levou 70 dias para ser enterrado; Belchior “desapareceu” e foi encontrado; a Vanusa cantou o Hino Nacional completamente chapada, fora de si; a cidade não voltou a sorrir; completei mais um aniversário; o Correio Popular deu uma pausa para descanso; realizamos mais uma edição e decidimos acabar com o Sarau Benedito; conheci e me afastei de algumas pessoas; comprei um amplificador; dei entrevista em rádio, falando sobre Umbanda; percebi que passei a me interessar realmente por cinema; criei um twitter. e por aí vai…

ah, também já encarei a banca do Mestrado, no dia 25 de agosto. após tanta turbulência, até que consegui me sair melhor do que o esperado. tive meu trabalho aprovado com louvor e recomendado para publicação. portanto, agora sou mestre em História Cultural pela UFSC. mas isso é outra história. sim, História. e não posso deixar de aproveitar a oportunidade de agradecer a todas as pessoas que me apoiaram e torceram por mim.

agora, já um pouco menos preocupado e me refazendo desta longa batalha, me preparo para outras. agora é retomar o fôlego e o ritmo da produção literária. agora é prosseguir e abrir caminhos na vida acadêmica.

axé nas cabeças; paz nos corações.

Read Full Post »