Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \30\UTC 2008

deambulação terceira

deambulação terceira

                          

anônimo:

meu rosto lugar-comum.

embrenhado

na selva dissonante

das músicas urbanas

– embaralhadas –

somadas ao caos

dos bares

cafés

magazines

e insólitos mafuás.

                         

ante a sedução das vitrines,

turbilhões de sonhos;

pensamentos em ondas

bailam na poeira,

com papéis

e folhas secas…

         

cartazes anunciam

a nova promoção;

o hype do momento,

a festa de amanhã…

             

bancas de revistas,

sirenes,

massagistas, saunas mistas;

um mendigo

implora o troco.

coberto por papelões,

na calçada fria,

o futuro aconchegado

pelos braços de Morfeu

           

e enquanto isso,

com a mente a girar

num universo distante,

não hesito

e antes

que o galo cante,

no bolso da jaqueta

guardo,

cuidadosamente dobrada,

a utopia.

                              

                                   andrepinheiro, 2003

Read Full Post »

foto de João Souza

“Bate mais forte o coração,

 Macunaíma na avenida”

             

“são 36 anos e 21 títulos no carnaval de Itajaí”, faz questão de ressaltar o presidente Walter Baião. após oito anos parado, o Bloco Carnavalesco Macunaíma retornou com força total em 2006.

em 2008, o Bloco traz o samba-enredo “Brasil Colônia: de Cabral à Família Real”. de acordo com Baião, o objetivo é fazer este ano um desfile ainda melhor que o de 2007. a expectativa é desfilar com 260 componentes, 45 na bateria. os ensaios são realizados de 2ª a 6ª feira, às 21 horas, no Parque da Marejada.

                  

samba-enredo 2008:

“Brasil Colônia: de Cabral à Família Real”

(Autor: Leonardo Baião)

                   

Bate mais forte o coração, Macunaíma na avenida

De azul e branco vem sambar, faz o povo delirar

Tem caravelas colorindo o mar

              

Grita meu povo…

Grita meu povo, é Terra à vista

Chegou o Seu Cabral, em 22 de abril

E descobriu-se as belezas do Brasil

Oh meu Brasil, terra do sol, do pau-brasil e do índio guerreiro

Das lendas e lindos animais… do açúcar, das riquezas minerais

No coração deste país, que as bandeiras descobriu

O nosso ouro finalmente reluziu

                  

Brilha o sol, brilha a lua

Vem cantar, Macunaíma, hoje a majestade é sua

Oh pátria mãe gentil

Como é linda a história do Brasil (bis)

                

Então… de Portugal, vem Dom João

E a princesa Carlota Joaquina

Vieram pra colônia, fugindo da invasão

Do império de Napoleão

Chegaram ao Rio, raiz do samba, ooô, e beleza tropical

Rio de Janeiro das praias, encantou a Família Real

Transformando em civilização

Abriram seus portos da nação

                 

Bate mais forte o coração, Macunaíma na avenida…

                

foto de João Souza

Read Full Post »

foto de João Souza

“Hoje Imperador está em Festa”

                

inspirado em um clássico da literatura, o Bloco Imperador da Cidade Nova irá levar à avenida o samba-enredo “História das Mil e Uma Noites”. de acordo com Débora Matos, a intenção é desfilar com aproximadamente 220 integrantes.

a bateria do Imperador conta com 56 ritmistas. os ensaios são realizados de 2ª a 6ª à noite, na Avenida Nilo Simas, próximo à ponte Sebastião Lucas Pereira.

                 

Samba-enredo 2008:

“História das Mil e Uma Noites”

(Compositor: Levi da Cidade Nova)

                      

Abra o seu coração

E vem cair nesta folia

Hoje Imperador

Está em festa

Cidade Nova, sou alegria

Vem mostrar a essa gente

Nosso jeito irreverente

Cair no samba

Hoje vou brincar

               

De Simbá o Marinheiro

Os Sete Mares

Eu vou desbravar (eu vou) (bis)

               

(Refrão)

Aladim e a Lâmpada Maravilhosa

Meus três pedidos ao gênio vou fazer

Sorte, saúde e felicidade a todos

Meu desejo de vencer

                       

(Alibabá)

Alibabá e os Quarenta Ladrões

Muita riqueza e perseguições, palavra mágica

Eu vou declarar: abra-te, Sésamo

Pra festa começar (Sherazade)

               

(Refrão)

Sherazade, princesa

Que ao Sultão ela encantou

Contou histórias

Das Mil e Uma Noites

E o seu coração

Acalentou (Sherazade)

               

Mas abra….

            

foto de João Souza

Read Full Post »

“Alô, meu povo, o Raízes chegou”

parece o Zeca Pagodinho. sim, é verdade. tenho em mãos o CD com a gravação e posso afirmar que a voz do puxador do samba-enredo é idêntica à do sambista carioca. localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, o Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba Raízes de Itajaí, mais conhecido como Bloco Raízes, surgiu a partir do Bloco Nego Dico. este será o seu segundo desfile do Raízes, que em 2007 levou 110 componentes à Avenida.

o presidente Tom JJ informa que a expectativa para este ano é desfilar com mais de 180 componentes. a bateria terá 35 integrantes. o Bloco Raízes irá apresentar o samba-enredo “Itajaí e o Folclore Brasileiro”.

os ensaios do Bloco acontecem de 4ª a sábado, a partir das 20 horas, na Rua São Benedito, nº 104, em frente ao Beeb Bar.

              

Samba-enredo 2008:

Itajaí e o Folclore Brasileiro

(Compositor: Tom JJ)

           

Alô meu povo!

              

Alô meu povo, o Raízes chegou (chegou)

Chegou a hora, vamos cantar

Quanta beleza e alegorias

Com alegria, vamos sambar

            

Esta é a nossa história

Hoje trago na memória

O que já foi tradição

O folclore brasileiro

Por este mundo inteiro

Alegrando a multidão (bis)

              

Itajaí!

Itajaí faz parte desta história

Consagrou a sua glória

Numa forma genial

Este povo é guerreiro

Representa o mundo inteiro

Neste carnaval (bis)

                         

                            andrepinheiro, 25/01/08 

Read Full Post »

Sarau Benedito, o retorno

Sarau Benedito visita a praia neste sábado

Evento literário retorna em 2008 neste sábado, 26, às 20 horas, no Bar do Kadu, na Praia da Atalaia. Escritores responsáveis pelo evento lançam também a 9ª  edição do Caderno Literário CLAP.

                

E o Sarau Benedito está de volta! Não exatamente nos moldes tradicionais, mas numa versão diferente, praiana, extra. O retorno do Sarau Benedito acontece no próximo sábado, dia 26, às 20 horas, no Bar do Kadu, que fica na Praia do Atalaia.

Como sempre acontece no Sarau Benedito, a declamação e leitura de poemas é livre e aberta a todos os participantes. Podem ser lidos ou declamados poemas de escritores consagrados ou da própria autoria dos poetas.

No dia 12 de fevereiro, o Sarau Benedito irá completar seu primeiro ano de existência. Em 2007, foram realizadas 22 edições do Sarau Benedito. Inicialmente no Aldeia Bistrot e, após o fechamento deste espaço, no Bar Café e Cultura, no Mercado Público de Itajaí.

Contando sempre com uma parte temática ou homenageando um grande poeta ou poetisa, o Sarau Benedito reuniu bons públicos na maioria de suas edições. Entre os participantes, estão sempre poetas, estudantes e professores universitários, atores, músicos, outros artistas e admiradores de poesia e literatura.

No final do ano passado, o grupo de escritores que organiza o Sarau Benedito – e também produz o Caderno Literário CLAP – recebeu o convite para realizar o evento no Bar do Kadu. Esta será a sua segunda edição especial. A primeira foi o “Sarau Benedito – Consciência Negra”, realizado no Museu Histórico de Itajaí em 19 de novembro de 2007, em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra no Brasil, celebrado em 20 de novembro.

CLAP number nine

Este 23º Sarau Benedito, na Praia da Atalaia, acontece na semana em que o coletivo de escritores responsável pelo evento lança a 9ª edição do Caderno Literário CLAP – Caderno de Literatura. Numa referência ao ano de 1968, um marco cujos acontecimentos revolucionários completam 40 anos em 2008, o CLAP traz na capa uma homenagem ao “Álbum Branco” dos Beatles. O disco duplo do quarteto de Liverpool foi lançado no ano que, conforme o título do livro de Zuenir Ventura, “não terminou”.

O CLAP IX reúne os sete escritores que integram o grupo: André Pinheiro (que escreveu a matéria principal sobre o “Álbum Branco”), Felipe Damo, Sebastião Oliveira, Rafaelo, Rômulo Mafra, Deborah O´ Lins de Barros e Daniel dos Santos. Entre os colaboradores estão Hélio Jorge Cordeiro, Priscila Pamplona e Sarah Lins. O CLAP é distribuído gratuitamente em alguns pontos da cidade, como a Casa Aberta Livraria Alternativa, o Bar Café e Cultura, no Mercado Velho, a locadora Vídeo Clube do Brasil etc.

                 

Mais informações:

* Rômulo Mafra – (47) 9965-9267

* Felipe Damo – (47) 9973-5502

* André Pinheiro – (47) 9924-6503

                 

Texto: Rômulo Mafra e André Pinheiro (SC 01159-JP)

Fotos do Sarau Benedito no blog saraubenedito.wordpress.com

Read Full Post »

boa nova

       

Boa Nova

               

from miles above,

eis-me aqui,

qual Boa Nova,

num soturno

e profundo

mergulho

em tua cova.

               

                            andrepinheiro, 21/01/2008

Read Full Post »

roll the drums!

o samba resiste em Itajaí

                       

muito mais do que desfile do ridijanêro ou sampaulo transmitidos pela globo. muito mais do que o hipnótico interminável condicionamento axé da histeria alucinação coletiva dos foliões automáticos arerê das bahias e afins. muito mais bonito, para mim, é o carnaval de Itajaí.

e afirmo isso sem a menor hipocrisia ou vergonha. afinal, não conheço algo mais belo, em se tratando de carnaval, do que a coragem-teimosia que esse povo tem na hora de preparar a sua versão para o Reinado de Momo. é bonito e ao mesmo tempo sofrido, chega a ser comovente, ver o pessoal reunir a comunidade, raspar o tacho e, num verdadeiro mutirão, conseguir fazer a coisa funcionar.

sem grandes apoios institucionais. sem artistas de renome que sirvam de chamariz para público ou patrocinadores. sem grana para os materiais mais luxuosos ou instrumentos de primeira linha. e, mesmo assim, a coisa sai. a coisa anda. e o bloco, literalmente, vai para a rua.

o carnaval de Itajaí, assim como o de muitas cidades, é festa e reinado da comunidade. é a apoteose de quem já não tem muito a ganhar ou a perder. é o momento em que o pessoal do Beco, Matadouro, Cordeiros e Promorar protagoniza – cuidado: o uso do verbo roubar, neste contexto, poderia ser extremamente pejorativo – a cena. e nada de cabeça baixa, olhar triste, pouca auto-estima ou astral ruim: os moradores da periferia tomam conta da avenida, com muito luxo, colorido, sorrisos no rosto, animação e samba no pé. é gente de verdade conseguindo ser vista e ouvida: no mínimo, dez a zero em qualquer biguebróder da vida.

o samba. sim, o samba. quando muitos já julgavam e tinham a petulância de dizer que ele já havia batido as botas, a batida negra, envolvente e irresistível brota dos terrenos baldios, esquinas e praças que sediam os ensaios para o carnaval. the game is never over. iluminados poetas urbanos compositores manejam a coloquialidade da palavra não-domesticada e tecem engendram o enredo. puxadores soltam o verbo, com garra e irreverência. ritmistas se esmeram no aprimoramento da levada groove da bateria orquestra percussiva que emoldura e dá força à criação chamada samba ‘n’ redo. cem por cento comunidade.

arrastados pelo magnetismo dos sons que dão vida e luz às paisagens pretibrancas das vilas periferias subúrbios quebradas, os moradores dos arredores chegam para conferir. ver ouvir saborear sambar: consumar a entrega à celebração da sua própria identidade. começou o ensaio.

para o carnaval 2008, as agremiações itajaienses levarão sambas muito bons à avenida. analisando com um pouco mais de atenção, há um acréscimo de qualidade em relação aos anos anteriores. essa evolução se verifica tanto no que diz respeito à letra quanto à melodia e ao acompanhamento. e as baterias? ah, as baterias são demais. e continuam excelentes. o samba resiste em Itajaí: e isso o nosso pessoal, mais uma vez, diz no pé.

>>> em Itajaí, os desfiles dos blocos e escolas serão realizados nos dias 2 e 3 de fevereiro, sábado e domingo, na Avenida Ministro Victor Konder (Beira-rio). nos próximos dias, confira aqui no blogue um pouquinho sobre cada agremiação.

                                     

                               andrepinheiro, 21/01/2008

Read Full Post »

Older Posts »