Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \30\UTC 2007

a caveira

Túmulo do poeta João da Cruz e Sousa

A Caveira

  

I

Olhos que foram olhos, dois buracos

Agora, fundos, no ondular da poeira…

Nem negros, nem azuis e nem opacos.

         Caveira!

  

II

Nariz de linhas, correções audazes,

De expressão aquilina e feiticeira,

Onde os olfatos virginais, falazes?!

         Caveira! Caveira!!

  

III

Boca de dentes límpidos e finos,

De curve leve, original, ligeira,

Que é feito dos teus risos cristalinos?!

         Caveira! Caveira!! Caveira!!!

                                                     

                                                     Cruz e Sousa

Anúncios

Read Full Post »

João da Cruz e Sousa: expressão maior do Simbolismo brasileiro.

Sarau Benedito homenageia Cruz e Sousa nesta segunda

Poeta negro foi o expoente maior do Simbolismo no Brasil. Encontro literário terá início às 21 horas, no Aldeia Bistrot, em Itajaí. A entrada é gratuita.

Desterro. O antigo nome de Florianópolis é também uma palavra que diz muito sobre a própria vida de Cruz e Sousa. Ao traduzir em versos uma imensa carga de padecimentos o poeta, dono de uma alma extremamente sensível, tornou-se a figura maior do Simbolismo brasileiro.

Nesta segunda, dia 1º, João da Cruz e Sousa será o homenageado do Sarau Benedito. Com entrada gratuita, o evento acontece a partir das 21 horas, no Aldeia Bistrot, em Itajaí.

Iniciado em fevereiro deste ano, o Sarau Benedito é um encontro literário que acontece quinzenalmente nas noites de segunda-feira. Marcado por leituras e declamações de poemas de autores consagrados e de novos nomes da nossa literatura, o evento vem reunindo um bom público no Aldeia Bistrot.

Na abertura do Sarau, os organizadores apresentam e fazem leituras sobre o tema ou o homenageado da noite. Num segundo momento, após os comentários e leituras ou declamações de Cruz e Sousa, o microfone serão abertos a todos aqueles que estiverem dispostos apresentar poemas, sejam eles de própria autoria ou de outros poetas. O Sarau Benedito é promovido pelo coletivo de escritores responsável pela produção do caderno literário CLAP.

O Aldeia Bistrot fica próximo à Igreja Matriz e ao Hospital Universitário Pequeno Anjo. Para aqueles que moram longe, várias linhas passam pelo ponto de ônibus que fica bem ao lado do local.

Cruz e Sousa

Nascido na então capital da província de Santa Catarina em 1862, o poeta negro experimentou uma vida marcada por humilhações, sofrimentos e privações até 1898, quando morreu de tuberculose na localidade de Sítio (MG). Filho de escravos, o menino negro batizado em homenagem a São João da Cruz herdou o sobrenome Sousa de seus senhores, que também oportunizaram a sua instrução.

Ainda em Santa Catarina, a perseguição racial o impede de assumir o cargo de promotor público em Laguna. Em 1890, segue para o Rio de Janeiro, onde conhece a poesia simbolista francesa. Escreve para alguns jornais e, no ano de 1893, publica os livros Missal e Broquéis.

Embora já tivesse publicado e fosse bastante conhecido, tudo o que consegue é um emprego miserável na Estrada de Ferro Central. Com sua esposa, Gavita, tem quatro filhos. Dois deles morrem e Gavita enlouquece, passando por várias internações em hospitais psiquiátricos. Lutando contra todas as adversidades possíveis, imagináveis e inimagináveis para um negro letrado que buscava inserção social logo após a abolição, contrai tuberculose e vem a falecer antes de completar 36 anos de vida.

Texto: André Pinheiro / SC 01159-JP

Fotos do Sarau Benedito no blog saraubenedito.wordpress.com

Read Full Post »

Estréia do Espetáculo Devoradores de Livros

Confira neste final de semana, na Casa da Cultura Dide Brandão, o espetáculo “Devoradores de Livros”. A peça é o resultado do trabalho do Grupo Porto Cênico, que, por meio da literatura, construiu uma dramaturgia voltada para o público infanto/juvenil.

Por considerar a literatura uma fonte de conhecimento, saberes e cultura que traz consideráveis benefícios para a educação da criança, o espetáculo propõe uma reflexão acerca dos hábitos de leitura e sua importância para o encontro de poesia na vida cotidiana. A encenação é conduzida por duas traças comedoras de papel, metáfora ideal para abordar o assunto, já que elas se alimentam dos livros abandonados, esquecidos nas prateleiras. A traça Bete já devorou muitos livros e a traça Abgail está começando a mudar sua rotina, e assim, ambas ingressam num universo de brincadeira, fantasia e gostosuras.

A dramaturgia é permeada por duas histórias da literatura infantil: “O Pequeno Fantasma”, de Manuel Bandeira, e “O Pote Vazio”, de Demi, escolhidas por abordarem termas pertinentes ao universo da criança: os medos, a solidariedade, honestidade e auto-estima da criança frente as suas limitações. Vá ao teatro, leve seus filhos e comemore a cultura.

  

Ficha Técnica

Atuação: Valéria de Oliveira e Caroline Carvalho

Direção: Leandro De Maman

Dramaturgia: O Grupo

Figurinos e Cenografia: Samara Zukoski

Trilha Sonora Original: Chico Preto e Mr. Chuck

Design Gráfico: Leandro de Maman e Samara Zukoski

Fotografia: Leandro de Maman e Samara Zukoski

Produção: Grupo Porto Cênico

  

Onde, quando, como…

Estréia: 29 e 30 de setembro de 2007

Local: Casa da Cultura Dide Brandão – Itajaí/SC

Horário: 16 horas

Ingresso: R$ 10,00 – meia entrada para estudantes e idosos

Mais informações: http://www.portocenico.com.br ou pelo fone 9975-7270

Read Full Post »

cosme, damião e doum.

oi, salve as crianças!

27 de setembro

  

  

dia de Cosme, Damião e Doum.

salve todas as crianças!

                                

                                               andrepinheiro, 27/09/07

Read Full Post »

Posse: Álvaro Castro (ao centro), acompanhado por Nelson Abraão e Edite Post Alves

Academia Itajaiense de Letras tem nova diretoria

numa quarta-feira (26) marcada pela despedida do escritor e produtor cultural Beto Leão – falecido na noite anterior – foi eleita a nova diretoria da Academia Itajaiense de Letras. a votação aconteceu na Biblioteca Pública Municipal Norberto Cândido da Silveira Jr.

a eleição, que tinha primeira chamada marcada para as 18 horas, foi realizada somente na segunda convocação, às 19 horas, devido à falta de quorum. o presidente Adilson Amaral conduziu a sessão e, devido ao comparecimento de poucos acadêmicos, a chapa única foi eleita por aclamação.

em seguida, Amaral transmitiu o cargo ao novo presidente, Álvaro Castro. a nova diretoria é composta ainda por Fernanda Moroso (vice-presidente), Magru Floriano (secretário), Nelson Abraão (tesoureuro) e Edite Alves (bibliotecária).

em seu discurso de posse, Álvaro Castro enfatizou a dívida que a Academia e os seus membros têm com a sociedade e demonstrou sincera vontade de promover iniciativas que integrem os acadêmicos tirem a AIL da imobilidade.

competência e criatividade para isso não faltam. desejamos sucesso e acreditamos na capacidade da nova gestão.

                       andrepinheiro, 27/09/07 

Read Full Post »

concerto de primavera

...primavera chegou.

Teatro Municipal recebe o Concerto de Primavera na próxima sexta

Espetáculo integra o Projeto Cultural 4 Estações, que completa dez anos e chega à sua 33ª edição. Com entrada gratuita, objetivo é tornar a música erudita acessível ao público.

Em Itajaí, a chegada da nova estação será marcada pelo Concerto de Primavera 2007. Com a participação do Coral Vozes do Vale, pianista e solistas, sob a regência de Nilton Silva, o espetáculo acontece na próxima sexta, dia 28, às 21 horas, no Teatro Municipal de Itajaí. A entrada será gratuita.

O Concerto de Primavera integra o Projeto Cultural 4 Estações, que está completando dez anos. O responsável pelo seu início, em 21 de setembro de 1997, foi Nilton Silva, diretor musical e presidente da escola de música Associação Dramático Musical de Itajaí (Admita).

O Projeto Cultural 4 Estações tem como objetivo cultivar a música erudita e torná-la acessível ao público itajaiense em forma de concertos. Com os espetáculos, é possível desmistificar o conceito de que a música erudita monótona ou de difícil compreensão, mostrando toda a sua força, beleza e poder de introspecção. O projeto é importante também para ressaltar a importância dos artistas locais no contexto da cultura regional e universal, além de contribuir para o seu aprimoramento artístico.

O Concerto

O Concerto de Primavera 2007 será a 33ª edição do Projeto Cultural 4 Estações. Subirão ao palco do Teatro Municipal de Itajaí o Coro Vozes do Vale e três solistas que trazem na sua formação a marca da escola de música Admita. “Eles são a prova viva de que a nossa cidade é o porto da música de todos os gêneros e estilos”, afirma o presidente da Admita, Nilton Silva, que também é maestro e professor de canto lírico.

Com duração aproximada de 1 hora e 30 minutos, a apresentação levará ao público dois gêneros da música erudita: a música operística (árias para soprano e partes corais) e a música sacra erudita.

Sob a regência de Nilton Silva, estarão no palco o Coro Vozes do Vale, as solistas Daniela Fernandes, Letícia Liberato Kikuchi Silva e Lurdes Maria Pradi Vechi, e o pianista Alberto Damian Montiel. Serão apresentadas composições de Verdi, Bizet, Gershwin, Mozart, Haydn, Puccini, Handel e Carl Orff.

Fontes: Admita – Escola de Música: 3344-5234 / www.admitaescolademusica.com.br / Teatro Municipal de Itajaí: 3349-6447

Texto: André Pinheiro / SC 01159-JP

Read Full Post »

27

fica com Deus, amigo.

27

para M. M.

  

o sorriso: incandescente intensidade

e a luminosidade

irreversível no olhar

 

fica conosco

o brilho singular

desse cometa

que tão rápido passou

mas na memória

permanecerá

  

como um anjo

sem asas,

seguiu seu caminho

e

pela janela

do adeus

voou,

de encontro à transcendência

  

deixou para nós

lembranças, saudades,

perplexidade

e este patético

pastiche de Dylan:

 

“with no direction home

like a rolling stone,

boy,

you just left us alone”

                                        

                                                    andrepinheiro, 23/09/2007 

 

Read Full Post »

Older Posts »